domingo, 10 de outubro de 2010

A diferença


As pessoas costumam ser diferentes. Costumam ter hábitos diferentes, tanto como de leituras, como de baladas, dentre tantos. As pessoas necessitam começar a entender, o quanto são diferentes, uma das outras. Porque o fascínio da raça humana está em entender tal interposição e convivê-la com harmonia. Alguns copiam, outros criam, outros copiam quem copiou. Quero vir aqui hoje, defender aqueles que são diferentes, defender a individualidade de cada ser. Dar uma palavra de conforto para aqueles que pensam que estão sozinhos e ninguém mais é parecidos. "Meu Deus, que sorte a sua, não ser igual a todos! Veja, como és especial! Veja como Deus ou outra força superior em quem você acredite te concedeu! Veja, a maravilha, e não se cegue diante de insinuações ou colocações proferidas por outros! Acredite em seu potencial, na sua diferença, porque talvez essa seja a sua essência, esse seja o caminho." Venho através deste, hoje, permitir um abraço "online" e se pudesse "inlife" como vi um amigo estes dias digitar. A sua diferença, meu nobilissimo (a) amigo (a) é a minha alegria. É o motivo por qual escrevo hoje, ressaltando sua magnitude diante da normalidade. Não acredite que a normalidade irá te salvar, copiando-a, escondendo sua diferença. Seja brilhante, irradie pelo mundo e abraçe o que você tem de melhor. Esteja motivado, e motive as pessoas. Mesmo que tudo vá contra. As pessoas precisam de holofotes, os normais. E fazem isso, para ridicularizar. Cabe a você dar forças a isso, ou ser indiferente. Não ache que és covarde, és superior, porque se demonstra fraqueza e se utiliza de armas além de seu cerebelo, estará demonstrando sua normalidade. As pessoas precisam solicitar, fofocar, apontas, porque é uma fraqueza, "tentar ser superior aos outros" Eu ridicularizo-as com o meu sorriso ácido, porque algumas não sabem nem ao menos, o que fazem nessa vida. Eu sei, você sabe. Hoje eu escrevo pra você, que está por aqui, colocando sentimentos, críticas, que é diferente, seja de qual forma for, porque pensa. Que faz parte da exceção, hoje eu escrevo, pra você, pessoa libertadora, que faz assim da vida, não ser uma normalidade apenas, não ser rotina. Escrevo pra você, que quando pensa ser um ponto brilhante no meio do nada, na verdade és o tudo ao meio sem brilho.

43 comentários:

  1. Junto-me a si, nesta defesa de se ser diferente. Se cada pessoa é única , a diferença tem que existir irremediavelmente!

    Uma semana boa.

    ResponderExcluir
  2. Caro Dan...

    Meu Amado Amigo...

    Você me surpreende... sempre! Seu coração tem mesmo... o valor de uma moeda desconhecida! Por não existir escala e medidas para avaliá-lo... o quão grandioso e rico é esse seu músculo pulsante dentro desse peito... desse corpo... que abriga tbm um alma generosa e iluminada!

    Parabéns pela belíssima reflexão...!

    Que meu coração encontre com o seu... através das palavras... até quando... sempre contigo.

    Deixo meu beijo...
    Hoje... bem diferente... aceite-o...
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  3. Adorei: "Eu ridicularizo-as com meu sorriso ácido"
    É para sorrir mesmo! É ótimo ser "anormal", quem dera todos fôssemos.

    Abraço, um bom domingo.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Estimado e Brilhante Amigo:
    Acho que o que escreveu faz reflectir na vida. Na existência. No sentir.
    Considero um texto excelentemente conseguido. Perfeito. Fala de diferenças. Eu não me sinto diferente, mas aceito a diferença de forma natural.
    Um soberbo e extraordinário texto conseguido com mestria com a sua assinatura.
    Parabéns sinceros.
    Abraço amigo de respeito, estima e consideração.
    MUITO OBRIGADO pelo que deixou expresso de simpatia no meu blogue.
    Sempre a admirá-lo pelo talento que habita em si.

    pena

    Bem-Haja, notável amigo.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  6. Dan obrigada por tua visita.
    Teu coração entendeu o meu.
    Teu texo é mesmo uma verdade, amei lê-lo.

    Bjinho.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  7. Oi , Dan !!!

    Belo texto .
    E viva as diferenças , que chato seria
    se todos fossem iguais.
    As diferenças é que encantam o viver ...

    BjO Grande !

    ResponderExcluir
  8. olá ,faço minhas as palavras de nossa amiga SILENE,parabéns por este grandioso texto,abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi Daniiii.

    1º muito obrigado por tão agradável respaldo em relação ao meu blog, sua visita é sempre um prestígio exclusivo pra mim.

    2º estou muito contente por tal tema, acredito na diferença , na presenciar única que cada pessoa tem e que deve ser respeitada e desenvolvida, muitas vezes o diferente é mal visto, mal interpretado, mal aceito ,mal conceituado... mas isso é sempre um fato a pensar, seja uma questão acadêmica, social, sentimental ou religiosa.

    o ser humano é apto a adaptações e transformações em favor da própria sobrevivência, evolução e co-habitação.

    eu sou diferente , sei q sou, sei q vejo o mundo e tudo que existe nele de forma diferente e quer saber, sinto-me feliz por isto , mesmo que não seja compreendido as vezes, basta-me saber que existem pessoas que me valorizam e me amam acima da monotonia e retrogracia humana.


    obrigado pelo ponto de dista e posição de apoio a todo nos que assim como vc são diferentes.

    Até mais ... Brilhante amigo!
    ótima semana^^

    ResponderExcluir
  10. Ah, que viva a diferença!
    Não ia ter graça se fossemos iguais.
    As vezes as pessoas a acham que são melhores ou normais. Mas anormais são os que pensam ser normais.

    Adorei seu cantinho.
    e obrigada por seguir no Frenética viu?
    Tô te seguindo também!

    Beijo :*

    ResponderExcluir
  11. gostei do texto e Deus é semelha~ça e não igual, que bom sermos diferentes e como os opostos se atraem as semelhanças ou os iguais também, pois, às vezes não queremos sair do padrão e ficamos com as coisas iguasi, entendeu?Não?Tudo bem, o importante é que seu texto é muito bom e nos faz refletir.

    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  12. Como sempre, poetando com perfeição essa vida!

    As diferenças são essenciais, elas se encaixam, - acredito eu - cada uma em seu devido lugar.
    O que seria do mundo se todos fossem iguais - normais?
    Aliás, existe alguém normal nesse mundo? E o que é normal?

    Um beijo doce meu poeta. Te amo.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Palavras lindas. Parabéns. EU sou um brilho *___*
    HAhah, adorei.

    *DB*

    ResponderExcluir
  15. Dan...

    Não poderia ir dormir sem antes vir aqui deixar meu beijo...

    Sil

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Nossa! Meus parabéns, você escreve tão incrivelmente bem... Gostei bastante da sua linha de pensamento. Excelente!

    E muito obrigado por ter visitado meu Blog. Obrigado pelos elogios, foi realmente motivador ler tudo aquilo. Me sinto lisonjeado ao extremo. sauasuashuas'

    E é claro que não poderia deixar de segui-lo, no blog, também.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  18. Querido Dan, adorei o seu texto hoje e me tocou profundamente, não pelo simples motivo de sermos diferentes, mas simplesmente por sermos especiais cada um do seu jeito. E que bom que temos toda esta diversidade, temos a oportunidade de escolher quem queremos do nosso lado, um amigo que escuta, uma amiga conselheira e por aí vai.

    Quero dizer também que adoro seus comentários em meu blog! Vlw!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Dan...

    Tarde fria em Belo Horizonte... vim buscar calor aqui... deixo meu beijo... com carinho!

    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  20. Dan...

    Você me arrebate com suas palavras! Derrama seu carinho sem que eu tenha tempo e oportunidade real de retribuir... Isso me incomoda... estou acumulando sensações estendidas a você! As vezes falo delas no que escrevo... não sei se percebe!

    Buscarei sempre o calor daqui... mesmo que eu não sinta frio... se soubesse que viria até a mim hoje teria publicado o que me trouxe aqui hoje a tarde... no frio...!

    Deixo meu beijo... quente.
    Com carinho e amor
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  21. Meu amigo Dan,
    Antes de tudo quero agradeder suas visitas ao Versos Meus. E dizer também que seu post faz jus a tantos comentários.
    Sabe meu amigo a "gente não normal" ninguém é. Os normais são loucos. A vida não tem que ter rotina nem rumo "certo" nem incerto, a vida tem os encantos que cada um de nós ao nosso modo sabe imprimir nela. Foi foi simplesmente feliz em tudo o que escreveu. Me sinto privilegiado de ter lindo isso hj.
    Um grande abraço.
    Jay

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Suas palavras me encantam cada vez que as absorvo.
    Elas sempre tem um tom de convicção, doçura e sabedoria agregados, e que tornam cada uma de suas produções excelentes e de um altíssimo nível - todas elas, sem nenhuma exceção!

    Achei muito interessante o assunto que você abordou neste post, e me identifiquei muito com ele. Concordo com todos os amigos que comentaram anteriormente sobre a diferença e a diversidade, e completo dizendo que quem fazem as diferenças somos nós: até mesmo aqueles que são "diferentes" não consideram os "normais" como tais. Para eles, os "normais" são "diferentes" e vice-versa.
    O que realmente importa são os sentimentos que levamos conosco, que podem sim serem diferentes, mas tem a mesma essência.

    Meus parabéns!
    Adoro passar por aqui.
    Um abraço, querido.

    Obrigado pelo carinho e por suas lindas palavras no meu Blog. Fico muito contente por receber suas visitas.

    ResponderExcluir
  24. Oieee daaaannnn vim agradecer pela sua visitinha no meu blog... pelo carinho... e dizer que to te seguindo... e vou te vistiar sempre viuuu...
    Aaa falando nisso euadoreiii o texto ai de cima... tu leva jeito

    ResponderExcluir
  25. Olá,
    Vim conhecer seu espaço. Muito legal. Parabéns!!
    Quanto às diferenças, penso que nós, a humanidade em si, ainda está caminhando meio às cegas nesse quesito, sem saber muito bem O QUE são e QUEM são os diferentes. Aliás, diferentes em que sentido? Iguais em que sentido? Qual a fronteira da normalidade que separa uns dos outros? É preciso antes objetivar essa questão a fim possibilitar uma reflexão mais aprofundada a respeito. Só então haverá um resultado positivo capaz de auxiliar as pessoas a entender e conviver em harmonia com seus semelhantes, dentro das diversidades que compõem esse universo a que denominamos Terra. Do contrário, qualquer coisa que se disser a respeito, não passará de mero jogo da palavras.
    E estamos realmente precisando resolver essa questão... tem muita gente sendo injustiçada por aí afora, em nome de paradigmas obsoletos.
    Gostei do post. Bjsssssss

    ResponderExcluir
  26. É isso aí, cara, muito bom.
    abraço

    ResponderExcluir
  27. Dan,
    Adorei o texto.
    Suas palavras me embalam e
    eu percebo quanto voce é especial.
    Esvrevi sobre a rotina,
    mas também é uma rotina diferente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá

    Obrigada por tua visita, por tuas palavras
    Somos cada um ser unico e quando percebermos a maravilha que isso pode ser, seremos mais felizes

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Amado Dan...

    Um dia...não precisaremos de palavras... somente do perfume das rosas.Dias frios...

    Deixo meu beijo
    Com meu perfume... de rosas...
    Sil
    Para sempre aqui...

    ResponderExcluir
  30. Ei querido !
    Bela postagem, receba também o meu abraço, maravilhosas palavras.
    Te desejo uma semana alegre e cheia de luz!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  31. Permita-me apenas agradecer ao que você escreveu, são essas palavras com tons especiais que encantam a blogosfera e fazem o que ela deve ser: um diário de emoções. Todos nós temos um quê de especial, nos textos, desenhos, canções, poemas, e até em nossos erros somos os únicos. O que vejo aqui são pessoas se expressando de forma magnífica, o que é mais válido do que mostrar somente o rosto, fãs e scraps em qualquer página de relacionamento.

    Um grande abraço pra você!

    ResponderExcluir
  32. Que bom emsmo que somos todos diferentes, cada um com suas peculiaridades, pontos fortes e defeitos.

    Já pensou se todos gostássem do azul? O que seria do amarelo?

    Pensar em diversidade nos remete logo à questão sexual, como a foto também sugere, mas como você mesmo deixa subentendido no texto, a questão da diversidade é bem mais ampla, se refere a diversos conceitos, percepções e aptidõs de cada um de nós.

    Tem uma frase que gosto muito, ela diz mais ou menos assim:

    "Com a diferença não é preciso entendê-la, mas apenas aprender a conviver com ela"

    Num é verdade?

    ResponderExcluir
  33. Dan

    que texto! Obrigada amigo por este texto brilhante que toca profundamente a nossa razão e sentimentos. Um texto grandioso, sensível e, sobretudo, corretíssimo na visão que devemos ter e da forma que devemos agir: fraternalmente. Saio daqui grata e feliz!

    Carinhoso beijo, amigo.

    ResponderExcluir
  34. Nossa, todo mundo deveria ler isso!
    Você disse TUDO!
    Acho que as pessoas que julgam, são ignorantes e fechadas pro mundo. Tá lindo seu texto, querido!
    Beeeeijos

    Thay

    ResponderExcluir
  35. que lindo!
    AINDA BEM que somos todos diferentes!!!


    bjs meus

    ResponderExcluir
  36. Ser diferente num mundo de iguais é o que dá brilho*

    ResponderExcluir
  37. Outubro ROSA!
    Visite o D'lírios.
    Abraços nossos...
    Poetíssima #

    ResponderExcluir
  38. Dan...

    Quem sabe... não só minha mente... mas toda minha essência esteja ligada a alguma veia do seu coração... loucura... insano sim! Também não consigo explicar o que me liga a você... nesse caminho que nossas palavras se cruzam! Desde o seu primeiro comentário em meu blog! Não quero definições... as belezas e as magias da vida não possuem explicações... quero a intensidade de meus dias frios aquecidos pelos sentimentos do seu coração!Um lugar ao sol dentro da sua vida!Sem mais...

    Para sempre... sua e fiel... Amiga Silene.

    Deixo meu beijo... com amor...

    ResponderExcluir
  39. Arrasando! Adorei!

    Bjos

    http://ameninaqueroubavaasimesma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Deixe as diferenças viverem em paz. E vamos respeitá-las.

    ResponderExcluir
  41. Olá Dan meu lindo!
    Vc sempre surpreendendo com suas belas palavras!
    Concordo com você, ninguém é igual a ninguém e se assim fosse, não seria interessantes conhecer pessoas novas e a convivência seria inútil.

    Mil beijos, amo-te.

    ResponderExcluir