segunda-feira, 14 de março de 2011

Soneto: Medo Insano


Ontem me encontrava de forma estanque
Corroborado pela falta que tu fazias
não sabia se era seu amor, ou era amante
vivia na ilusão que tão bem você tecia

Estava afeito à todo dia ter você pra mim
E era assim, prenhe de corpo e coração
Colhia as mais belas flores daquele jardim
Pra depois vê-las falecer em minha mão

Ó amante, hoje tu instas as minhas veias
faz comigo o que quer e não lamentas
faz sanar virtudes, vergonhas, o que desejas

Depois foges com medo das armas que tu intentas
sai correndo, fico parado, embora eu veja
que retornas com maior recrudescência.

Dan



As palavras de pequena acidez,
para com um amor que considera pouco, todas as ações.
Mas também são palavras breves e felizes
para aqueles que consideram seu companheiro ou companheira
um eterno amante.

"Tenho uma enorme admiração por todos vocês, meus amigos blogueiros.
Vocês acendem a chama que perpetua o meu carinho por vossas almas,
venham sempre sim, porque isso incita-me a continuar o laço"
Dan

44 comentários:

  1. Ei Dan,
    Poesia não é para ser interpretada, mas sentida, e as emoções que está provoca é que indica a amplitude que formou dentro de nós, e a sua se expande dentro de mim.
    Gostei do poema.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. No amor queremos sempre mais...
    Beijito.

    ResponderExcluir
  3. Vc é um poeta, meu caríssimo amigo Dan.

    Adoro tudo aqui.

    Beijos, lindo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Dan... Meu Querido Amigo!

    Dia bom para encontrar vc! Hoje... Dia da Poesia! Derramo meu carinho e admiração pelo poeta que tu és!

    Sua presença faz feliz meu viver!

    Sil

    Sua e sempre

    Com amor

    ResponderExcluir
  5. ah Dan com certeza virei sempre só pra me deliciar com seus lindos sonetos.... boa semana querido, beijos.

    ResponderExcluir
  6. como é bom ter um eterno amante.
    é maravilhoso!


    bjs, querido.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma linda criação sua, mais palavras de um coração que observa uma realidade que gostaria ver e viver dferente...belo post Dan!

    ResponderExcluir
  8. Que lindo Dan!

    Estava afeito à todo dia ter você pra mim
    E era assim, prenhe de corpo e coração
    Colhia as mais belas flores daquele jardim
    Pra depois vê-las falecer em minha mão

    Penso que tanto o amor como as flores se renovam. Belas suas palavras. Sempre fico feliz com sua ida lá no esconderijo porque vc tem o dom de deixar perfumes de flores...
    Um grande beijo pra voce amigo

    ResponderExcluir
  9. Nossa! Adorei o final.. Rs! Você também é um querido! Bju e sorte!

    ResponderExcluir
  10. Meu querido poeta!
    Lindas palavras escreves, palavras que preenchem meu coração de inspiração! E que a cada sentimento, um recomeço e novas emoções!
    Admiro-te!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  11. tão doce...como a saudade...tão doce como o sentimento que espeta a alma qdo sentimos saudade de quem devíamos sentir...ou de quem não devíamos sentir...tudo é saudade, tudo é doce e dói...

    ResponderExcluir
  12. Levas jeito pra escrever hein!

    bjos

    ResponderExcluir
  13. Palavras singelas; palavras dignas! Dignas de um filósofo de emoções!

    Nunca espero nada menos que tão belas frases de você Dan. Muito me enriquece vir e ler-te a cada nova postagem.

    Abração carinhoso! Até mais!

    ResponderExcluir
  14. Olá, passando pra divulgar a promoção que ta rolando no meu blog!
    O ganhador da promoção vai poder escolher o livro que quiser pelo site Americanas.com no valor máximo de R$35,00, sendo que dependendo do valor poderá escolher mais de um, contanto que atinja os R$35,00! É muito legal, vale a pena participar!
    Passa lá no meu blog , confira as regras e participe!
    Lembrando que tem também as chances extras, portanto quanto mais divulgar mais chances vai ter de ganhar!
    http://nas-entrelinhaas.blogspot.com/p/promocao-escolha-o-livro-que-quiser.html

    Estou esperando a sua visita, ok??
    Beijos e ótimo finzinho de semana!

    Ah, desculpe por passar assim rápido, mas se quiser que eu volte depois aqui é só deixar lá seu link pra mim, ta? Prometo que volto, adoro conhecer blogs novos e lindos!

    ResponderExcluir
  15. Olá, bom dia!

    Minha 1ª visita.

    O blog é interessante.

    Continue!

    Saudações poéticas

    ResponderExcluir
  16. Dan,

    Você tem alma linda e refletida em sua poesia.
    Intensa , bela , cheia de incontidas urgências.

    BjO Imenso e uam Tarde de Paz.

    ResponderExcluir
  17. :'D Muito , muito obrigada Daniel !
    Gosto imenso do seu blog :$ continue escrevendo ;)

    ResponderExcluir
  18. Sublime e Admirável Amigo:
    "...Depois foges com medo das armas que tu intentas
    sai correndo, fico parado, embora eu veja
    que retornas com maior recrudescência..."

    Um texto narrado com o seu precioso sentir cristalino, fabuloso e perfeito.
    Parabéns sinceros.
    O seu talento vive da sua magia nas palavras de deslumbrar.
    Excelente!
    Escreve sempre assuntos que fazem reflectir e estimar profundamente.
    Abraço amigo de gratidão e respeito imenso pela sua simpatia no meu blogue que gostei muito.
    Sempre a admirar o seu génio e talento.

    pena

    Bem-Haja, nobre amigo.
    É fantástico.
    Perfeito.
    Fascina o seu pensamento.

    ResponderExcluir
  19. Oi Dan,

    Obrigada pelas palavras de carinho, gosto muito de estar aqui com vc e poder ler o q lhe vem ao coração, a alma e a mente.
    Vc é adorável e sabe como ninguém como expor os sentimentos.
    Adorei esse lindo poetar!

    mil beijos!

    ResponderExcluir
  20. Dan, meu querido,
    É sempre mt bom estar aqui e te ler em prosa ou poesia.
    Amante = aquele que ama.
    Bendito aquele que sabe amar.
    bjssssssssss

    ResponderExcluir
  21. Dan...

    Muito existe nas palavras que eu queria deixar aqui. Mas... Estive pensando, será que eu preciso mesmo fazer isso? Acho que não!Não é mesmo necessário!

    Saiba somente que passei aqui...

    Meus beijos doces... em troca dos teus ácidos carinhos...

    Sil

    Sua e sempre

    Com amor

    ResponderExcluir
  22. Olá querido rapaz!

    Não sabe o quanto me alegra saber que pude penetrar com as minhas humildes palavras no seu íntimo e ter feito a sua alma transceder através de suas lágrimas, que brotaram ainda tímidas, acredito que ainda por medo de sua libertação plena.

    O que você escreveu se remete a muitos de nós... Lindas palavras e ao mesmo tempo sinceras demais, eu gosto disso. O amor é assim, sincero. Às vezes queremos esconder de nosso objeto de sentimento amor, mas é em vão. Lá está ele, plantado, como se fosse um espião a te perseguir a todo instante. É uma espécie de inconsciente coletivo, há uma energia que nos liga... No amor, essa energia é ainda mais forte, inexplicável. É por isso que temos medo de amar, por causa do inexplicável... Fugimos daquilo que não conseguimos explicar, triste realidade.

    Bom, no meu caso, eu tento não fugir... Mas não tenho contato. Apenas observo e acho que já perdi tempo demais ou acho que já se foi o tempo e não há como voltar atrás. Ou ainda acho que são coisas de minha mente sandia e que nada existe. Apenas observo, por isso... Terá um momento certo que chegará até a mim a resposta.

    Continuemos assim então, nesta reciprocidade de palavras. As minhas tocam a ti e as tuas a mim.

    Obrigada pelo carinho terno, retribuo o mesmo a ti, Dan.

    Beijo,
    Évelyn

    ResponderExcluir
  23. Gostei!Um bom soneto, claro que ainda precisas evoluir no gênero, mas estás no caminho. Abraços!

    ResponderExcluir
  24. Hoje passo para desejar-te um bom fim de semana!
    :)

    ResponderExcluir
  25. Oi Dan,
    estavas mesmo inspirado hem moco?
    Gostei do texto,está profundo.
    É sempre um laço que nos une a poesia, ela torna laços tão lindos de amizade.

    Beijo meu amigo

    ResponderExcluir
  26. O importante é viver com toda a intensidade o amor que finalmente chegou em nossa vida.

    Beijos Daniel e Ótimo final de semana meu amigo.

    ResponderExcluir
  27. Dan, agradeço suas palavras que funcionam como lição para mim.
    Eu sonho, eu desejo, eu penso que vivo um eterno amor.

    Agradeço aquele seu comentario no meu espaço. Um final de semana encantador, Ah, novo post no meu blog.
    www.iandeee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Assim como vc gosta de ler meus esritos eu tb adoro ler o seu e estar aqui tb! Obrigada pelo carinho! Seja sempre bem vindo Dan!

    ResponderExcluir
  29. Amores urgentes necessitam de grandes provas
    o que é contigo nas pequenas coisas.

    Um Abraço, meu caro amigo Dan.

    ResponderExcluir
  30. Bem Dan, é incrivel a maneira com a qual você descreve tudo o que sente. Gostaria de ter também tal facilidade em expressar meus sentimentos através dos poemas e dos versos seus que cativam cada pessoa que lê. Sinceramente Dan, ler seus comentários em meu texto anterior me fez refletir sobre uma porção de coisas que antes pareciam ofuscadas, estavam escondidas. E creio que, por mais que eu não saiba me expressar a altura do que você realmente merece, a voz do meu coração fala mais alto quando o assunto é amizade. E pode ter certeza absoluta que você está entre meus amigos, mesmo que distante.
    Um grande abraço, meu caríssimo amigo.

    ResponderExcluir
  31. Não vou mentir que só a imagem já me deu um medinho rs

    ResponderExcluir
  32. O Mente Hiperativa mudou de endereço, confira o novo em:

    http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

    Logo ele será atualizado diariamente e etará cheio de textos interessantes. Até mais.

    ResponderExcluir
  33. Apreciei o poema, mas mais ainda o texto acompanhante.

    Bom final de semana.

    ResponderExcluir
  34. Olá meu querido amigo blogueiro, belo poema, parabéns, e mesmo que as vezes numa ausência, sempre viremos aqui neste belo espaço sim. Abraços.

    ResponderExcluir
  35. Dan meu amigo poeta!
    Seus posts me impressionam o sentimento presente é cativante!

    ResponderExcluir
  36. Bom diaaaa,


    http://ostra-da-poesia.blogspot.com/

    Este é o blog q estou participando poeticamente com um de meus escritos, a poesia é a QUINTA e seu nome é " VERSOS PARA TE DAR", vou precisar de coments e se for possível gostaria q vc deixasse um carinho lá.

    Agradeço...mil beijos e sábado lindo prá vc!

    ResponderExcluir
  37. Oi Dan !!
    Muito bom o soneto !!
    Gosto de vir e ler suas escritas, porque você fala de manias, pensamentos do ser humano...
    São coisas mínimas que faz a diferença na leitura e você , consegue preencher tudo em um só soneto !!
    Parabéns !!
    Beijos na sua Alma

    ResponderExcluir
  38. Dan,

    O soneto é muito bonito e o texto o acompanha em beleza e sensibilidade.

    Beijos com carinho amigo.

    ResponderExcluir
  39. Um pouco de tudo, um tudo de um pouco – Por Izabella Oliver
    http://umpoucodeamoredesamores.blogspot.com/
    Um blogger que circula na internet há quase um ano. Todos os dias serão atualizado sete postagens no blogger. Que conta com a participação de três escritoras e em breve mais um, a primeira e sou eu, que vou falar com vocês assuntos românticos , coisas diárias , humor , crônicas , poesias , e frases . A segunda e a Brenda Layanne: ela vai fazer posts relacionados com moda e “ è famoso ta aqui “ que vai te deixar á par de tudo que acontece no mundo dos famoso . E por ultimo, não menos importante e a Natali, que tem o quadro “Café com a Natali, que vai te dar conselhos, e fácil e só você mandar um e-mail para (isabela_algar@hotmail.com e ela fará um post te dando um conselho . adicione também o meu Twitter ( @minibarbicour ) E ainda mais os blogs que seguirem o um pouco de tudo , um tudo de um pouco será em menos de vinte quatro horas seguido de volta , assim como no twitter. Pro isso siga o blogger e seja seguido, comente e seja falado!
    Venha participar desse blogger , mais um entretenimento na internet feito pra você .
    Essa propaganda tem todos os direitos autorais para o blog Um pouco de tudo um tudo de um pouco

    ResponderExcluir