quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Feliz 2012 companheiros de alma





Olhares

Sorridente fico enebriado com seu olhar
seu jeito de vestir, não sei agir
gosto da forma que se engana sem notar
fingir não sofrer de nenhuma forma aqui

Outro dia peguei-me olhando tão fixamente
que achei estar perdido em caminho sem volta
só você, pra fazer com que eu traia minha lente
que me guia no futuro, no presente, que não me solta

Que capacidade não estratificada é esta
de fugirmos da realidade sorrindo juntos
esquecer todo o restante de toda uma festa
incompreensível forma de um momento curto

Sabe que algumas vezes fico pensando
na incompatibilidade entre nossas duas almas
dois pedaços tão divergentes se entrelaçando
que resultado poderia ter sem nenhuma calma

Pra ser amor, um deve segurar o outro
de mãos dadas sem toque, espírito com espírito
não pode haver fio, nem ponto solto
para ultrapassar todos, atrito por atrito

Na impossibilidade de uma proibição tão tangível
fico sem mover-me diante de tamanha liberdade
não resistindo, bebo já em um tom incompreensível
tentando encontrar-te em qualquer parte da cidade.

Dan

12 comentários:

  1. Oi Dan...

    Como é bom vir até aqui... e sentir sua ácida poesia escorrendo por esse lugar.

    Quantas saudades... Meu Querido.

    Te deixo o mesmo beijo de sempre... doce e vermelho...

    Sua e sempre...

    Com amor

    Sil

    ResponderExcluir
  2. Estimado e Notável Poeta Amigo:
    Verseja de forma fantástica a realidade do seu ser e sentir.
    E, isso, é excelente num poema mágico, perfeito e admirável.
    A realidade de si expressa-a com pureza e um extraordinário sentimento profundo, verdadeiro e repleto de autenticidade.
    Parabéns. É genial.
    Abraço amigo de respeito, estima e consideração gigantescas.
    Sempre a admirá-lo e de forma constante pelo preciosismo e beleza do que faz e é.

    pena

    MUITO OBRIGADO pela sua simpatia na visita ao meu blog que gostei muito.
    Bem-Haja, fantástico poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo, suas palavras encantam, cada dia mais

      Excluir
  3. Dan,

    ((Pra ser amor, um deve segurar o outro
    de mãos dadas sem toque, espírito com espírito
    não pode haver fio, nem ponto solto
    para ultrapassar todos, atrito por atrito))

    Lindo, Lindo!

    Beijos Dan

    ResponderExcluir
  4. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  5. E aí, Dani, beleza?

    Ainda não te desejei um 2012 feliz e com muita sabedoria para resolver os problemas que virão. (espero que os Maias estejam errados...rss)

    Beleza o poema!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá,Daniel!
    Encantada com seu blog: intenso e cheio de sensibilidade!
    Seguindo com prazer.
    Abraços,
    Analine

    sinfoniasdaalma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Versos belíssimo, com muita intensidade. Que seu 2012 seja de muito sucesso. Beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Lindo seu blog e sua poesia é maravilhosa.Que Deus te ilumine sempre.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Dan.
    Belo poema amado.
    Bem intenso e profundo.

    Beijo amigo.

    ResponderExcluir
  10. Nossa... que poema! *.*
    Muito bom para ser o primeiro post do ano. HEHE'
    Abraço, mano ;D

    ResponderExcluir