domingo, 9 de janeiro de 2011

Idolatrar



Algum dia vou me atrever a te perguntar
o que você pode perceber em mim
que chegou do seu jeitinho assim,
e me fez enlouquecer.


Algum dia vou tentar desvencilhar
um olhar somente seu,
para não me atrever a envergonhar
ficando rubro do jeito meu.


Algum dia, se dia haverá, irei te chamar
de meu amor e de todos os codinomes parecidos
para a alegria da platéia ouvir
para poderem só um pouquinho sentir
meu amor por você


Algum dia estarei preparado para ouvir a resposta
de clamores tantas vezes exaltados
de amores tantas vezes vistos por nós modificados
de tantas roupas rasgadas por mim e por você.


Se algum dia eu se for,
não será por você,
será por mim,
que outra aprendi, que não posso morrer de amor.


Se algum dia você se for,
não será por mim, será por você,
que não conseguiu entender,
tudo o que pude lhe convencer


E aí, ai que dó de você
que se aventurará novamente a aprender
o quão grande são os sentimentos
e mais ainda, quanto é duro esquecer.


Dan


Bom, eu terminei o ano com poesia, e inicio o seguinte com poesia também.
Não serão tantas vezes assim que colocarei poesias por aqui.

Não são tantas vezes que estou de bom humor...mas, a risada faz parte de minha vida
e por mais duro que o momento possa parecer ser, sempre haverá a bonança em seguida. Meu mundo também é vermelho.

43 comentários:

  1. Ei Daniel,
    Adorei esta parte:
    "Se algum dia eu se for,
    não será por você,
    será por mim,
    que outra aprendi, que não posso morrer de amor."
    Está aí uma grande verdade, ninguém morre de amor, pode-se viver um período de reclusão, mas depois o sol sempre volta a brilhar...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Gigante Poeta Amigo:
    Um poema soberbo e delicioso de amor.
    Chega a enternecer tanta pureza e beleza no que concebe.
    "...Algum dia, se dia haverá, irei te chamar
    de meu amor e de todos os codinomes parecidos
    para a alegria da platéia ouvir
    para poderem só um pouquinho sentir
    meu amor por você..."

    Arrebatador e de maravilhar, a sua destinatária de tão magistral atitude explosiva de poesia fantástica.
    Parabéns sinceros.
    Adorei.
    Bem-Haja, pela visita amável e pelo que lá expressou no meu blogue.
    Tem uma sensibilidade fabulosa e de deslumbrar qualquer uma musa.
    Parabéns, pelo seu sentir sublime.
    Abraço amigo ao que concebe de magistral sentimento e emoção.
    Com respeito grandioso e pleno.
    Sempre a admirá-lo e a considerá-lo

    pena


    Excelente, poeta amigo.
    Adorei.
    Fantástico.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Linda poesia para começar o ano.
    E mais lindo ainda é começa-lo com
    muito amor.Parabéns!
    (espero que sempre esteja de bom humor)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Começou bem, pois a poesia é linda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Enfim, sempre gostei de poesias, é fato. Acho que eu não me encaixo tão bem quanto queria quando o assunto é poesia e versos. Em todo caso, fico muito feliz pelos nobres comentários em meu blog. Saiba que a felicidade que sinto é incapaz de ser descrita com minhas singelas palavras. As pessoas são feitas com o intuito que elas escolherem a vida inteira. Creio que o seu tem sido o de um papel maravilhoso, capaz de modificar o estar de uma pessoa, os pensamentos e até mesmo as atitudes. Continue sendo essa pessoa de ouro. Um grande abraço,

    Pedro.

    ResponderExcluir
  7. Deveria escrever mais poesias, ficou ótima.

    ResponderExcluir
  8. Que linda.
    Pelo visto eu e outros leitores gostam
    da sua forma de escrita.
    Que vai muito além de palavras.

    Bjõ

    ResponderExcluir
  9. Oi Dan! Não tenho palavras para esse seu magnífico poema! Lindo demais, me tocou a fundo! Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Hoje, especialmente, me fez chorar.

    Gde beijo.

    ResponderExcluir
  11. Dan...

    Silêncio...

    O "Vermelho" das suas linhas me calou.

    Saio em silêncio tbm.

    Te deixo um beijo "Vermelho"!

    Sua e sempre
    Sil
    Com amor

    ResponderExcluir
  12. Vermelho, azul, amarelo, verde... A vida com cores é bem mais bonita. Arrisque-se mesmo.
    Obrigado pelo seu comentário. Prepare-se para fortes emoções no meu blog esse ano.

    *DB*

    ResponderExcluir
  13. Dan,
    Lindo poema.

    A vida é um arco-iris. às vezes por mais que esteja cinza eu acredito nas cores do amor.
    Fico feliz de poder ler suas poesias (Haha), mas também adoro seus textos.

    Tudo tem seu tempo..
    Beijos meus e o desejo de muitas alegrias, cores, amores.

    ResponderExcluir
  14. Desejo que seu dia,seja iluminado pela essência Divina,com Boas Energias Sempre!
    Abraços
    Mari

    ResponderExcluir
  15. Poesia é para poucos! Aproveite seu dom! Escreva muito por aqui esse ano! Bju

    ResponderExcluir
  16. Sim, será por você...

    Que este ano tenhamos muitas inspirações... Abraços nossos #

    ResponderExcluir
  17. Dan,


    Saiba que é sempre uma alegria receber sua visita ... :)
    Adoro você , sua inteligência e sensibilidade.

    E que venham muitas poesias ...


    BjO.

    ResponderExcluir
  18. Dan...

    Suas palavras me fazem respirar!Sim... não são coincidências! E... o que será?!? Realidade virtual existe? Ou serão dois momentos distintos... entre o céu e a terra de nossos corações?

    Seja como for... seja o que for... eu quero que seja sempre "assim"! Tão real como a vida... tão ilusório como as criações de nossas mentes.

    Seu convite ao brinde e sua poesia vermelha... me inspirou versos como resposta. Espero por vc lá!

    Beijos e carinhos
    Sil
    Sua e sempre
    Com amor

    ResponderExcluir
  19. Menino, que poema é este?? eu adorei, principalmente esta parte

    "Se algum dia eu se for,
    não será por você,
    será por mim,
    que outra aprendi, que não posso morrer de amor."
    S

    Isto cabe a minha pessoa, hehe.

    Abraços querido e Feliz 2011!

    ResponderExcluir
  20. Dan, amigo considerado,

    Adoro a frase "É preciso saber viver", pq viver é mágico. A polaridade de todas as coisas, nos proporciona grandes experiências. Nada é definitivo, portanto, que a lágrima caia e seja amparada pelo sorriso.
    O homem precisa de pão e poesia, então vamos nos alimentar dessa diversidade poética que há na blogosfera.
    Bjão

    ResponderExcluir
  21. Você usou belas palavras!

    Parabéns!

    bjos

    ResponderExcluir
  22. A poesia é sempre bem vinda
    (seja em finais ou começos de ano).

    ResponderExcluir
  23. Vc vem sempre com uma surpresa diferente. Excelente o seu poema! Muito, muito bom!

    Algum dia... existe sempre a esperança de que "algum dia" as coisas mudem e possamos fazer algo diferente... Isso é o que faz o mundo continuar girando!

    Como diz uma música: "Sonhar e não desistir, cair e ficar de pé. Dar valor depois que passou é duvidar da sua fé!"

    Agradeço pelos seus comentários. São sempre cheios de inspiração e me deixam mais contente.
    Abração, e se assim também me permite, bj.^^

    ResponderExcluir
  24. Andando a voar em asas de poesia
    Vim ao teu jardim parar
    Me envolvi em tal encanto de magia
    Que vou por aqui ficar a descansar.
    Deito a minha cabeça em almofada de poema
    Fazendo coberta com as letras da tinta do teu coração

    Mil beijos
    Rachel

    ResponderExcluir
  25. Dan...

    Vim ler novamente essa poesia de rara beleza... tão íntima de mim... se assim posso considerar!

    Suas palavras sempre tão ácidas e agora que as descobri tbm vermelhas... e daqui, aprecio seu mundo tão particularmente vermelho e doce!

    Querido...que a vida seja real e vermelha, para mim e para vc! Amo-te...

    Sua e sempre
    Sil
    Com amor

    ResponderExcluir
  26. Poxa, que linda poesia de amor. Estou em um momento poético também, os pensamentos simplesmente aparecem, e acaba dando em poesia. E estou gostando muito dessa fase. Espero que fique de "bom humor" sempre para nos alegrar com poesias fabulosas :]

    À todo caso, ótimo texto :]

    ResponderExcluir
  27. Já cansei de me falar o quanto eu me sinto bem lendo seus textos. De toda forma, fico feliz também pelo carinho expresso em meu blog. É motivo de uma consideração imensa por você. Meu msn? pedro_menuchelli@hotmail.com ;) Fica a vontade

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  28. Daniel, Obrigada pela visita, pelo Carinho e o comentário deixado no Humor Negro.
    Só agora pude retornar.
    Abraços e Ótima Semana!

    ResponderExcluir
  29. Oie..Daniel, obrigada! quero dizer que fiquei encantada com seus versos, eles me capturaram...então, eu volto!!! te seguindo tbm..bjo

    ResponderExcluir
  30. Oi, Daniel. Obrigada pela visita ao escafandrista. Realmente, não tinha visto tua escrita em poesia, é ótimo ver o lirismo de cada um, não? acho que melhor que poesia só mesmo a música, que é mesmo a própria poesia numa forma mais viva. abraços.

    ResponderExcluir
  31. Eh como dizem, se ela n quiser o seu amor, ela q vai perder...rs
    Gostei...=)

    ResponderExcluir
  32. Adoro muito aqui Dan, você sabe disso cara. Sem mais!

    ResponderExcluir
  33. Hum Daniel
    e que forma de terminar o ano
    e de começar também
    lindo teu poema
    estamos te seguindo

    ResponderExcluir
  34. Olá querido poeta!
    Gostei muito do seu blog, e das suas poesias, cheias de leveza e verdade...Vc descreveu direitinho o caminho de um amor, de um relacionamento, que começa com olhares,"que chegou do seu jeitinho assim", passa pela fase da paixão, do enlouquecer, e acaba cada um para um lado... E meu querido poeta, realmente é muito duro esquecer...

    Beijos e parabéns pela bela e verdadeira poesia...!

    ResponderExcluir
  35. Olá! Muito bela suas palavras amigo. E não podemos realmente apenas viver de problemas, um sorriso de vez em quando faz muito bem à saúde... rsrs...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  36. Olá Daniel, que jeito mais fantástico de começar o ano,heim?Com uma poesia tão bem estruturada como esta, sentimentalmente falando!Lindas e originais palavras...
    Obrigado pelas visitas e comentários lá no Sin Parangón, saiba que são de importância imensa.

    Abração

    ResponderExcluir
  37. Oi Dan...

    Passando para buscar um pouquinho da sua acidez!
    Acho que me viciei...

    Beijo
    Sil
    Com amor

    ResponderExcluir
  38. É isso aí, é sempre bom escrever um pouco de poesia, haha.
    Abraço

    ResponderExcluir
  39. Mais uma vez obrigado pelo carinho.
    Poesia tem um dom de me fazer voar em pensamento. Esse post tá legal demais!
    Boa semana :D

    ResponderExcluir
  40. Tenho de concordar, realmente ninguém pode morrer de amor, apenas viver para ele...

    E a poesia está magnifica.

    Fique com Deus, menino xará Dan.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  41. Obrigada pela visita e pelo elogio.
    Realmente os planos são necessários, seguir em frente faz parte.
    Estou te seguindo também, tenha um bom final de semana.

    ResponderExcluir